Login
 
Home Início


"Luiz Carlos Prestes entrou vivo
no Panteon da História.  
Os séculos cantarão a 'canção de gesta'
dos mil e quinhentos homens da
Coluna Prestes e sua marcha de quase
três anos através do Brasil.
Um Carlos Prestes nos é sagrado.
Ele pertence a toda a humanidade.
Quem o atinge, atinge-a."

(Romain Roland, 1936)


ILCP
Live de Anita Prestes sobre Astrojildo Pereira e Luiz Carlos Prestes.

Dim lights Embed Embed this video on your site

Última atualização em Sex, 17 de Junho de 2022 06:09
 
Astrojildo Pereira e Luiz Carlos Prestes: admiração e respeito mútuos
Escrito por Anita Leocadia Prestes*   

Publicado no Blog da Boitempo, 11/05/2022

Na ocasião da reedição da obra de Astrojildo Pereira pela Boitempo no ano do centenário do PCB, Anita Prestes revela aspectos até hoje pouco conhecidos da relação entre Luiz Carlos Prestes e o fundador do PCB.

A nova edição de toda a obra de Astrojildo Pereira, revista e ampliada, e a reedição da sua biografia, escrita por Martin Cezar Feijó, pela editora Boitempo em comemoração aos 100 anos do PCB,1 constituem um ensejo propício ao resgate de alguns momentos do relacionamento estabelecido entre este fundador do partido, reconhecido intelectual brasileiro, e Luiz Carlos Prestes, conhecido como o “Cavaleiro da Esperança” e secretário-geral do Partido Comunista por cerca de 40 anos.

Última atualização em Sáb, 14 de Maio de 2022 21:31
Leia mais...
 
Olga Benario Prestes: Uma Comunista nos Arquivos da Gestapo
Escrito por Anita Leocadia Prestes   

 

Última atualização em Ter, 16 de Maio de 2017 19:44
Leia mais...
 
Viver é tomar partido: memórias
Escrito por Marcos Cesar de Oliveira Pinheiro   


Novo livro da historiadora Anita Prestes lançado pela Boitempo Editorial
[O LIVRO ENCONTRA-SE EM PRÉ-VENDA NO SITE DA BOITEMPO E ESTARÁ DISPONÍVEL A PARTIR DO DIA 13/11]

Em Viver é tomar partido: memórias, Anita Leocadia Prestes narra sua extraordinária trajetória de vida, militância e pensamento. Autora de mais de uma dezena de livros sobre a história do comunismo no Brasil e no mundo, passando pela vida de seus pais – objeto de suas publicações mais recentes, Luiz Carlos Prestes: um comunista brasileiro (Boitempo, 2015) e Olga Benario Prestes: uma comunista nos arquivos da Gestapo (Boitempo, 2017) –, a historiadora lança agora esse relato memorialístico em que momentos importantes da história mundial são mesclados à narrativa de suas vivências pessoais.

Leia mais...