Login
 
Home Artigos


"Luiz Carlos Prestes entrou vivo
no Panteon da História.  
Os séculos cantarão a 'canção de gesta'
dos mil e quinhentos homens da
Coluna Prestes e sua marcha de quase
três anos através do Brasil.
Um Carlos Prestes nos é sagrado.
Ele pertence a toda a humanidade.
Quem o atinge, atinge-a."

(Romain Roland, 1936)


Artigos
DA UTOPIA À REVOLTA DA INDIGNAÇÃO À REVOLUÇÃO
Escrito por Miguel Urbano Rodrigues   

Este início do século XXI será recordado como uma das épocas mais trágicas e belas da História da Humanidade.

Mas as actuais gerações, quando comentam os efeitos da a crise mundial que hoje atinge a quase totalidade dos povos e meditam sobre a onda de barbárie que varre o planeta, são empurradas para conclusões pessimistas. O que captam do tempo histórico em movimento é sobretudo o lado mais sombrio.

O homem realizou nas últimas décadas conquistas prodigiosas, inimagináveis em vida dos nossos avós. Já viajou até à Lua, lança sondas a planetas distantes milhões de quilómetros da Terra, sonha com a fundação de cidades terrestres no Espaço, rompe a cada dia as fronteiras do saber, prolongou a esperança de vida.

Foi entretanto breve o tempo das ilusões quando em l945 se calaram os canhões após o esmagamento da Alemanha nazi. A esperança de que a Humanidade iria entrar numa era de paz com as guerras banidas para sempre era utópica. Desde então morreram mais de 50 milhões de pessoas em guerras criminosas e em fomes cíclicas.

Última atualização em Dom, 18 de Março de 2012 15:02
Leia mais...
 
Marx, más vivo y actual que nunca a 129 años de su muerte
Escrito por Atilio A. Boron   

En un día como hoy, hace 129 años, moría plácidamente en Londres, a los 65
años de edad, Karl Marx. Corrió la suerte de todos los grandes genios,
siempre incomprendidos por la mediocridad reinante y el pensamiento
encadenado al poder y a las clases dominantes. Como Copérnico, Galileo,
Servet, Darwin, Einstein y Freud, para mencionar apenas unos pocos, fue
denostado, perseguido, humillado. Fue ridiculizado por enanos intelectuales
y burócratas académicos que no le llegaban ni a los tobillos, y por
políticos complacientes con los poderosos de turno a quienes le repugnaban
sus revolucionarias concepciones.

Última atualização em Qui, 15 de Março de 2012 12:22
Leia mais...
 
Eleições, armadilha para tolos
Escrito por Jean Salem   

O filósofo marxista Jean Salem publicou recentemente um novo livro: “Eléctions, piége à cons”. Publicamos a Introdução desse importante texto, que coloca uma questão central: nos dias de hoje, em tantos lugares da Europa, é através dos mecanismos eleitorais das democracias burguesas que forças fascistas e de extrema-direita vêm assumindo uma importante parcela do poder político.

Última atualização em Sáb, 18 de Fevereiro de 2012 14:10
Leia mais...
 
LUIZ CARLOS PRESTES: A BANALIZAÇÃO DA IMAGEM DE UM REVOLUCIONÁRIO PELOS GRANDES MEIOS DE COMUNICAÇÃO
Escrito por Anita Leocadia Prestes*   

(Artigo publicado em “Brasil de Fato” de 12 a 18/01/2012)

Já se passaram mais de 20 anos do desaparecimento de Luiz Carlos Prestes. Tendo sido sempre coerente consigo mesmo e com os ideais revolucionários a que dedicou sua vida, sem jamais se dobrar diante de interesses menores ou de caráter pessoal, Prestes despertou o ódio dos donos do poder, que se esforçaram por criar uma História Oficial deturpadora tanto de sua trajetória política quanto da história brasileira contemporânea.

Mesmo após seu falecimento, Prestes continua a incomodar os donos do poder, o que se verifica pelo fato de sua vida e suas atitudes não deixarem de serem atacadas e/ou deturpadas, com insistência aparentemente surpreendente, uma vez que se trata de uma liderança do passado, que não mais está disputando qualquer espaço político. Num país em que praticamente inexiste uma memória histórica, em que os donos do poder sempre tiveram força suficiente para impedir que essa memória histórica fosse cultivada, presenciamos um esforço sutil, mas constante, desenvolvido através de modernos e possantes meios de comunicação, de dificultar às novas gerações o conhecimento da vida e da luta de homens como Luiz Carlos Prestes, cujo passado pode servir de exemplo para os jovens de hoje.

Última atualização em Sáb, 14 de Janeiro de 2012 18:44
Leia mais...
 
O pensamento de Mao e sua influência no PCB
Escrito por *Anita Leocadia Prestes   

Publicado na REVISTA DE HISTÓRIA COMPARADA, Rio de Janeiro,5-2:94-106,2011.

Arquivo em PDF, clique aqui

Última atualização em Qua, 21 de Dezembro de 2011 10:46
 
<< Início < Anterior 21 22 23 24 25 26 27 28 Próximo > Fim >>

Pagina 21 de 28