Login
 
Home Notícias


"Luiz Carlos Prestes entrou vivo
no Panteon da História.  
Os séculos cantarão a 'canção de gesta'
dos mil e quinhentos homens da
Coluna Prestes e sua marcha de quase
três anos através do Brasil.
Um Carlos Prestes nos é sagrado.
Ele pertence a toda a humanidade.
Quem o atinge, atinge-a."

(Romain Roland, 1936)


Notícias
Macron Presidente O mal menor

Emmanuel Macron foi eleito Presidente da França. Segundo o Ministério do Interior francês, apurados mais de 99 % dos votos, Macron obteve 66,06 % e Marine le Pen 33,94 %. A abstenção atingiu 25, 4 % e registou-se um record de votos brancos e nulos.

Tem cabimento concluir que os eleitores se pronunciaram pelo mal menor, porque ambos são políticos reacionários, com programas incompatíveis com as aspirações do povo francês.

O ex banqueiro Macron é um liberal, admirador da chanceler Merkel, defensor do federalismo europeu. Quando ministro do governo de François Hollande, hostilizou a classe operária. Era quase um desconhecido ao irromper no cenário político. Criou um partido, En Marche,e como candidato teve uma ascensão fulgurante, graças ao apoio do grande capital.

Última atualização em Seg, 08 de Maio de 2017 15:23
Leia mais...
 
Ao bombardear a Síria Trump ameaça a Humanidade

Ao bombardear a Síria, os EUA colocam a Humanidade à beira de uma guerra apocalíptica cujo desfecho poderia ser o fim da humanidade.
O ataque com mísseis contra uma base aérea síria na província de Homs foi lançado a partir de navios da US Navy baseados na base naval de Rota, em Espanha.
O presidente sírio Bassar Al Assad já tinha negado qualquer responsabilidade no bombardeamento de um hospital com armas químicas e reafirmou a condenação dessa ação terrorista.
Nos Estados Unidos, destacados membros do Congresso, republicanos e democratas, apoiaram a iniciativa de Trump.

Leia mais...
 
Ecuador: el pueblo dijo ni un paso atrás


Comparto nota sobre la elección presidencial del día de ayer en Ecuador

(Por Atilio A. Boron)  La victoria obtenida por Alianza País en el balotaje del 2 de Abril confirma que el pueblo ecuatoriano supo discernir lo que estaba en juego: la continuidad de un gobierno que marcó un antes y un después en la historia contemporánea del Ecuador o el suicida salto al vacío,  emulando la tragedia argentina. Lenin Moreno y Jorge Glas representan la consolidación de los avances logrados en numerosos campos de la vida social durante diez años bajo el liderazgo de Rafael Correa; su adversario, Guillermo Lasso, personificaba el retorno de la alianza social que tradicionalmente había gobernado al Ecuador con las desastrosas consecuencias por todos conocidas.

Última atualização em Qui, 06 de Abril de 2017 00:07
Leia mais...
 
Apelo-petição em vésperas do 100º aniversário da Revolução de Outubro

Por uma abordagem objectiva, aberta e contraditória da Revolução Russa

– Nem óculos “Brancos” sobre Outubro de 1917 nem a repetição de “Livros Negros” anticomunistas!

Annie Lacroix-Riz, Georges Gastaud e Jean Salem 17.Mar.17 Outros autores

Na abordagem do 100º aniversário do 7 de Novembro de 1917, tudo se passa como se se tratasse – sobretudo para certos meios político-mediáticos, caucionados por certos universitários – de apresentar uma versão grosseiramente maniqueísta, tingida de encarniçamento anticomunismo, anti-bolchevique e anti-soviético.

Na abordagem do 100º aniversário do 7 de Novembro de 1917, tudo se passa como se se tratasse – sobretudo para certos meios político-mediáticos, caucionados por certos universitários – de apresentar uma versão grosseiramente maniqueísta, tingida de encarniçamento anticomunismo, anti-bolchevique e anti-soviético.

Última atualização em Sáb, 18 de Março de 2017 15:03
Leia mais...
 
<< Início < Anterior 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 Próximo > Fim >>

Pagina 1 de 45