Login
 
Home Notícias


"Luiz Carlos Prestes entrou vivo
no Panteon da História.  
Os séculos cantarão a 'canção de gesta'
dos mil e quinhentos homens da
Coluna Prestes e sua marcha de quase
três anos através do Brasil.
Um Carlos Prestes nos é sagrado.
Ele pertence a toda a humanidade.
Quem o atinge, atinge-a."

(Romain Roland, 1936)


Notícias
FRENTE ANTI-IMPERIALISTA, ANTIMONOPOLISTA E DEMOCRáTICA LUTA PELO PODER E ECONOMIA POPULARES, PELO SOCIALISMO

Retirado de odiario.info:

Partido Comunista da Grécia
Proposta do Partido Comunista da Grécia (KKE):

O KKE sempre manifestou que era um engano acreditar num desenvolvimento contínuo do capitalismo, que resultaria num suposto benefício comum para trabalhadores e capitalistas. O KKE previu a crise, a inexorabilidade de um surto agudo, repentino e profundo que tornaria claras todas as contradições inter-imperialistas e sociais.

Frente aos dilemas que o inimigo de classe ao povo em torno da crise, a resposta do KKE é que não existe saída da crise a favor do povo, sem que se toque drasticamente nos lucros, no domínio e no poder dos monopólios.

A Grécia tem os seus pré-requisitos para criar e desenvolver uma economia popular auto-suficiente. Tem um nível satisfatório de concentração da produção, de meios de produção, uma extensa rede comercial e um nível adequado de desenvolvimento de tecnologias modernas. Tem uma mão-de-obra experiente e qualificada e tem recursos científicos.

Leia mais...
 
Enquanto crescem os lucros Patrões despedem trabalhadores

*http://www.odiario.info/

Às vezes há quem fale com franqueza: «a única surpresa é que ninguém se surpreende pela falta de contratos de trabalho no sector privado. Só no mundo da propaganda da Câmara de Comércio é que as empresas existem para criar postos de trabalho. No mundo real, as empresas existem para criar lucros para os accionistas e não empregos. Por isso é que se chama capitalismo e não empregadorismo».

Leia mais...
 
Atilio Borón: Os mapuches não são cubanos

Atilio Borón

Se fossem cubanos, a greve de fome teria recebido a primeira página da ?imprensa livre? de todo o mundo. Mas os mapuches não são cubanos.

Nós, que criticamos o viés ideológico conservador da auto denominada ?imprensa livre ou independente?, devemos lutar contra a convicção profundamente arraigada na população de que os veículos de comunicação se limitam a dar a noticia, colocando de lado qualquer desejo político. A visão cultivada pela poderosa mídia é que eles se limitam a refletir a realidade, e que quando fazem alguma interpretação desta realidade, que inevitavelmente é política na medida em que atende a uma questão pública, isto fica circunscrito a um texto em colunas editoriais ou de opinião, claramente separadas da parte da informação que supostamente é ?apolítica e objetiva?.

Última atualização em Sex, 17 de Setembro de 2010 17:41
Leia mais...
 
A HEGEMONIA DO PENTÁGONO E A DEPENDÊNCIA DE OBAMA

Os Editores

Uma atmosfera de tensão envolve nos EUA a campanha para as eleições legislativas de Novembro.

A crise económica e financeira evoluiu nas últimas semanas para uma crise global na qual a componente militar assume crescente importância.

Nesse contexto a perda de prestígio do Presidente Barack Obama é transparente, o que favorece o Partido Republicano e penaliza o Democrata, ameaçado perder a maioria no Congresso.

O aumento da violência no Iraque e no Paquistão e a caótica situação existente no Afeganistão agravaram o mal-estar nas Forças Armadas. Os grandes media estadounidenses reconhecem que a ofensiva de Marjah foi, afinal, um fracasso e a anunciada campanha em Kandahar tem sido sucessivamente adiada. O país está atolado num lago de corrupção ? a produção de ópio nunca foi tão elevada ? e o presidente fantoche Hamid Karzai, em vésperas de uma nova farsa eleitoral, permite-se criticar a politica de Washington para a Região.

Última atualização em Ter, 31 de Agosto de 2010 10:01
Leia mais...
 
<< Início < Anterior 41 42 43 44 45 46 47 48 49 50 Próximo > Fim >>

Pagina 42 de 52